FANDOM


"Upon Reflection" é um caso do departamento de patrulha em L.A. Noire. Este é o primeiro caso de Cole Phelps neste departamento, assim como a primeira investigação em L.A. Noire.

IntroduçãoEditar

Floyd Rose

Detetive Floyd Rose dando instruções para Phelps e Dunn.

Enquanto patrulhavam as ruas de Los Angeles, Cole Phelps e seu parceiro, Ralph Dunn, recebem um chamado da KGPL em seu carro, Unit 14 Adam, no qual Dunn responde imediatamente. O despachante informa-os de um tiroteio na 6th and Industrial Street, com a Unit 16 William requisitando assistência na busca de evidências. Dunn responde ao chamado, esclarecendo que a dupla já está à caminho e então Cole dirige até a localização indicada. Além disso, Dunn esclarece que eles não precisam de oficiais uniformizados para uma busca de evidências a não ser que alguém seja preso.

Pessoas sob suspeitaEditar

  • Scooter Peyton - A vítima do assassino e um delivery boy. Scooter levou dois tiros.
  • Errol Schroeder - O assassino sob suspeita, no qual atirou em Scooter enquanto trabalhava.
  • Floyd Rose - O detetive de homícido e possivelmente um policial corruto, já que seu nome foi encontrado numa folha de pagamento de suborno de Schroeder, encontrada em um caderno de anotação.

ObjetivosEditar

  • Investigar a cena do crime
  • Investigar a loja de armas
  • Investigar o apartamento de Schroeder
  • Vencer a luta contra Errol Schroeder
  • Vasculhar o apartamento de Schroeder

DetonadoEditar

Cena do crimeEditar

Assim que Cole e Dunn chegam, um corpo é colocado e levado embora no carro do médico-legista. Um homem se aproxima, apresentando-o como Detetive Floyd Rose (Homicídio) e seu parceiro, no qual também é detetive, Rusty Galloway. Rose pergunta se eles são os assistentes. Cole responde, apresentando-os e indicando que são da Estação de Polícia Wilshire, então Floyd dá o relatório da situação. A vítima foi um homem negro, chamado Scooter Peyton, no qual foi morto à tiros no beco e está a caminho do necrotério. Uma testemunha alega que viu um rapaz branco e alto atirar na vítima duas vezes na cabeça, e então largou sua armas antes de fugir da cena do crime. Floyd deixa para que Phelps e Dunn encontrem a arma, supondo que a vítima está com poucos dias de vida e enfim, sem admitir isso, deixa o trabalho sujo para os patrulheiros. Os dois detetives vão embora e Phelps e Dunn se encarregam de investigar o caso.